Siga-nos nas redes sociais

Vidas

“Belinha” dá dicas para aquecer a casa de forma económica e sustentável

Publicado

em

Portugal atravessa, neste momento, um dos invernos mais rigorosos dos últimos anos. Isabel Silva fez uso da sua página facebook para aconselhar os seus seguidores sobre como manter a casa quente de uma forma económica e sustentável.

Cm base na opinião de Catarina Barreiros, uma das grandes referências da sustentabilidade em Portugal, “Belinha” explica que o ponto de partida está nas janelas. De preferência devem ser de vidro duplo, preferencialmente de PVC, e devem ainda ser bem calafetadas com silicones.

Se as janelas forem muito antigas, estas serão mais permeáveis ao frio. Se não as puder trocar, pode sempre optar por “rolinhos de espuma nas frechas para evitar passar o frio ou mesmo silicone”, sugere a especialista.

O têxteis são outra grande segredo. As cortinas são especialmente importantes para “não deixar passar demasiado calor e no inverno para não deixar sair a temperatura e manter a casa quente”. Investir em tapetes, mantas, e tudo o que sejam têxteis quentes, pode ser uma boa alternativa para usar menos o aquecimento.

Relativamente às soluções de aquecimento, a profissional refere que “o mais eficiente que se conhece até à data são os aparelhos de ar condicionado”, assim como as  caldeira a pellets e a bomba de calor com ventiloconvectores. Contudo, esta última representa um investimento bastante mais elevado.

Entre as soluções menos económicas e sustentáveis estão o aquecimento a gás ou a eletricidade.

Continuar a Ler
Advertisement

PODCASTS FAMA RÁDIO

TV

Jornal

Artigos recentes

ARQUIVO

Redes