Siga-nos nas redes sociais

Sociedade

Raminhos mostra-se contra conteúdos sexuais não consentidos nas redes sociais

Publicado

em

António Raminhos fez uso da sua conta oficial de Instagram para abordar um tema bastante pertinente: a circulação de conteúdos sexuais não consentidos pelas redes sociais.

O humorista começou por admitir que já fez parte de grupos onde esses vídeos e fotografias são partilhados, mas só mais tarde se apercebeu da gravidade da situação.

“Há um movimento que se chama @naopartilhes , que fala sobre a exposição de conteúdo sexual da mulher sem a sua autorização. É um fenómeno que vem desde os anos 90 que me lembre… Os famosos vídeos do Taveira e outros, fotos, áudios… vinham por mail ou disquete. Também eu já recebi imagens destas em grupos de whatsapp, sinceramente (e sobretudo felizmente) não me lembro de as ter partilhado, porque nunca liguei muito sequer. Hoje em dia já nem as abro quando percebo o que é. Já estive em grupos de Facebook que entrei por amigos me dizerem “vai lá pá é giro, aquilo é só malta a dizer porcaria”, começou por explicar.

“Ia pela curiosidade e lembro-me que, ao início, até poderia ser mais inocente, mas que rapidamente assumiu um papel negro e que me deixou desconfortável. Obviamente deixei de frequentá-lo… e felizmente os meus amigos também. Acho que já nem existem no facebook. Mas só o facto de lá ter andado ou ter recebido estas imagens no whatsapp incomoda-me, por pensarem que eu possa gostar de ver ou aprovar tais coisas “, admitiu o humorista.

António Raminhos reconhece que a maioria das partilhas são efetuadas por “miúdos” que o fazem “sem consciência, sem cabeça, apenas com a líbido”, mas isso não é desculpa. “Não estou a defender, estou a dizer que é preciso chamar a atenção, que saiam e compreendam”, acrescentou Raminhos apelando a uma maior consciencialização para este problema.

“Que se lembrem que são pessoas reais que estão ali e que, independentemente de como aquelas imagens foram feitas, não as autorizaram. Eu faço piadas com as minhas filhas, com a minha mulher, já fiz piadas machistas sobre a minha relação com todas elas para serem desconstruídas na piada a seguir. Nunca fiz piadas destas sem perguntar “achas isto bem?” Tenho orgulho de só ter mulheres em casa, tenho orgulho que se saibam defender, tenho orgulho na sua independência e na sua relação de igualdade com o sexo oposto”, finalizou o artista.

PODCASTS FAMA RÁDIO

TV

Jornal

Artigos recentes

ARQUIVO

Redes