Siga-nos nas redes sociais

Sociedade

Conteúdos que defendem que o holocausto não existiu serão banidos do Facebook

Publicado

em

Qualquer conteúdo que “negue ou distorça o Holocausto” será doravante proibido na rede e qualquer utilizador que pesquise por termos relacionados com a negação do Holocausto será direcionado para websites com “informações credíveis” acerca do tema.

Quem informou, acerca desta nova politica, foi o próprio criador da rede, Mark Zuckerberg.

Esta proibição surge na sequência de uma campanha intitulada Stop Hate for Profit, que pressionou várias marcas a retirarem os seus anúncios do Facebook enquanto a plataforma não mostrasse uma mão mais pesada para com conteúdos que constituem discurso de ódio.

Continuar a Ler
Advertisement

PODCASTS FAMA RÁDIO

TV

Jornal

Artigos recentes

ARQUIVO

Redes