Siga-nos nas redes sociais

Sociedade

Depois de estar em coma durante 10 meses, acorda e não se recorda da pandemia

Publicado

em

Joseph Flavill esteve em coma durante 10 meses devido a um grave atropelamento de que foi vítima e que poderia ter sido fatal.

Quando acordou, o jovem de 19 anos viu o mundo como nunca o tinha visto, afetado pela pandemia de Covid-19. Durante este período, o jovem contraiu a infeção por duas vezes, mas sobreviveu sempre.

Face a uma nova realidade, a família de Joseph não faz ideia de como lhe repor a realidade sem que este apanhe um grande choque, uma vez que não acompanhou a evolução da pandemia no mundo.

“É um longo caminho de recuperação que tem pela frente”, revelou ao “The Guardian” Sally Flavill Smith, a tia do jovem.

Esta afirma ainda que a família nem “sabe por onde começar”. “Ele esteve a dormir dez meses. A sua perceção está a começar a voltar. Mas se me dissessem há um ano o que iria acontecer, eu própria não sabia se haveria de acreditar. Não sabemos como é que o Joseph vai compreender tudo o que tem acontecido”, finalizou.

Apesar das grandes melhorias apresentadas pelo jovem, que já consegue realizar alguns movimentos básicos, como tocar na orelha, responder a perguntas com sim ou não, piscar os olhos e alguma mobilidade nas pernas, a família espera agora por um melhor momento para atualizar Joseph sobre tudo o que se passou no último ano.

PODCASTS FAMA RÁDIO

TV

Jornal

Artigos recentes

ARQUIVO

Redes