Siga-nos nas redes

Música

Salvador Sobral lança novo álbum na sexta-feira e garante que é “o mais consistente”

Publicado

em

“BPM” é este o nome do próximo álbum de Salvador Sobral e será lançado já na próxima sexta-feira, dia 28 de maio. O artista classifica-o como “o mais consistente” da sua “pequenina carreira” e será uma mistura entre jazz e pop.

O álbum é constituído por 13 canções, uma em espanhol e duas em inglês, todas de autoria de Salvador Sobral e música de Leo Aldrey, com exceção de “Fui Ver Meu Amor”, com letra de Luísa Sobral, e “Só Eu Sei”, uma letra da atriz belga Jenna Thiam, contando com várias colaborações como Sílvia Pérez Cruz, nos “coros mágicos” de “That old Waltz”.

As letras em Inglês e Espanhol surgem para “explorar outros universos, não só sonoros, mas descobrir também as sonoridades que as diferentes línguas proporcionam”, revela o próprio.

Um dos temas do disco é “Medo de Estimação”, que se refere ao seu medo de morrer, no contexto dos problemas de saúde que atravessou: “Primeiro, porque tinha medo de morrer devido ao problema de coração, depois, superado o problema, a vontade de viver e não querer morrer”.

BPM conta com a colaboração de vários músicos. Entre eles Abe Rábade (piano), André Santos (guitarra e rajão), André Rosinha (contrabaixo), Bruno Pedroso (bateria) e também Leo Aldrey (teclados e ambientes sonoros e piano vertical em dois temas, “Mar de Memórias” e “Só Eu Sei”).

Música

Ouvir música aos altos berros no carro já é uma infração punida com multa

Publicado

em

Os polícias já podem passar multas a quem estiver a ouvir música com volume demasiado elevado no carro. E não é considerada uma infração não criminal punível com coima apenas durante a condução.

Se o veículo estiver bem estacionado e num lugar legal, mas se o som emitido pelo rádio for audível a mais de sete metros de distância isso configura incumprimento da lei.

A legislação entrou em vigor na sexta-feira, dia 1 de julho, e autoriza os agentes da autoridade do estado da Flórida, nos Estados Unidos da América, a passarem uma multa no valor fixo de 114 dólares, ou seja, aproximadamente 109 euros aos infratores.

A coima pode ser aplicada a todos os veículos em que é possível detetar um elevado volume de som recorrendo apenas à audição, mesmo que as batidas e as letras das músicas sejam indecifráveis.

A medida, que já pode ser aplicada, fazia parte de um projeto de lei mais amplo proposto por vários condados da Flórida que pretendia proibir as festas as pop-up não autorizadas que costumam acontecer em várias praias do estado norte-americano, como Daytona Beach.

As populações argumentam que as tais reuniões e comemorações não planeadas nem organizadas atraem multidões barulhentas que inundam as estradas das zonas envolventes com carros com a música demasiado alta.

Por serem consideradas zonas mais sensíveis ao barulho, locais que estejam na proximidade de uma escolha, igreja ou hospital, exigem que o volume seja ainda mais reduzido

A exceção à regra são os veículos usados com propósitos comerciais ou políticos, aos quais não será aplicada nenhuma sanção.

Continuar a ler

Música

Canção inédita de Freddie Mercury desenterrada pelos Queen

Publicado

em

A revelação foi feita por Brian May e Roger Taylor numa entrevista à BBC Radio 2. Faixa será lançada ainda este ano.

Foi no decorrer de uma entrevista a Zoe Ball, na BBC Radio 2, que os membros remanescentes da composição original dos Queen – Brian May (guitarra) e Roger Taylor (bateria) – deram conta da descoberta de uma música inédita. “Encontrámos uma pequena joia do Freddie da qual já nos tínhamos esquecido”, contou Taylor.

Continuar a ler

Música

Eurovisão comentada a partir de abrigo na Ucrânia.

Publicado

em

A canção da Ucrânia está entre as primeiras dez finalistas. Timur Miroshnychenko, da televisão ucraniana, comentou o concurso abrigado das bombas.

No passado dia 10 de maio, teve lugar a primeira semifinal da Eurovisão 2022, com Portugal a conseguir ficar entre os dez finalistas tal como a Ucrânia que também passou à final com ‘Stefania’ dos Kalush Orchestra. O concurso acontece em Turim, Itália.

 Em contexto de guerra, Timur Miroshnychenko, o comentador da televisão ucraniana, relatou o que ia acontecendo no palco da arena Pala Olímpico a partir de um abrigo localizado em Kiev, a capital do país que continua a ser um alvo do Kremlin.

Os Kalush Orchestra, que interpretaram a canção ‘Stefania’, tiveram uma autorização especial, dada pelo governo ucraniano, para participarem no concurso, caso contrário os vários elementos do grupo teriam de estar a apoiar a Ucrânia no combate contra as forças militares russas ao abrigo da lei marcial que impede a saída do país de homens entre os 18 e os 60 anos.

A banda ucraniana tem sido apontada como a favorita à vitória no site de apostas eurovisionworld.

Além de Portugal e Ucrânia, estão na final: Suíça (‘Boys do cry’, Marius Bear), Arménia (‘Snap’, Rosa Linn), Islândia (‘Með hækkandi sól’, Systur), Lituânia (‘Sentimentai’, Monika Liu), Noruega (‘Give that wolf a banana’, Subwoolfer), Grécia (‘Die together’, Amanda Georgiadi Tenfjord), Moldova (‘Trenuletul’, Zdob si Zdub & Advahov Brothers) e Países Baixos (‘De Diepte’, S10).

De fora ficaram Albânia, Letónia, Eslovénia, Bulgária, Croácia, Dinamarca e Áustria.

Continuar a ler

FAMA – CANAL 2

TV

RÁDIO FAMA Q

PODCASTS FAMA RÁDIO

Artigos recentes

ARQUIVO

Redes

Tendências