Siga-nos nas redes sociais

Cultura

Protagonistas de “Pulp Fiction” voltam a contracenar juntos 27 anos depois

Publicado

em

John Travolta e Bruce Willis integraram o elenco de “Pulp Fiction”. A obra cinematográfica de  Quentin Tarantino, que estreou em 1994, foi um sucesso, mas, até então, os dois atores nunca se tinham voltado a cruzar em trabalhos do género.

Agora, 27 anos mais tarde, voltam a contracenar juntos no filme “Paradise City” cujas gravações arrancaram esta segunda-feira, dia 17 de maio, no Hawai.

De acordo com as informações avançadas pela revista People, Bruce Willis, de 66 anos, irá interpretar Ryan Swan, um caçador de recompensas que quer vingar-se do grande chefe do crime (interpretado por Travolta) que assassinou o seu pai.

Cultura

Teste à Covid-19 passa a ser requerido no acesso a alguns eventos culturais

Publicado

em

Por

O acesso a alguns eventos culturais vai estar pendente de um teste negativo à Covid-19. Foi esta a decisão da DGS anunciada pela ministra de Estado e da Presidência Mariana Vieira da Silva, na passada quarta-feira.

Atá ao momento, ainda não se sabem ao certo que tipo de eventos vão requerer o teste à Covid-19, mas a norma reguladora será divulgada em breve, quer para eventos culturais, como desportivos e familiares.

Recorde-se que os resultados dos eventos-teste, nos quais era requerido o uso de máscara e teste negativo, têm demonstrado que o risco de contágio é muito baixo. Agora, com esta nova fase do desconfinamento, abrem-se um sem número de opções de eventos que podem retomar a atividade.

Continuar a Ler

Cultura

Concertos já podem estender-se até à meia noite

Publicado

em

Por

António Costa apresentou esta quarta-feira as próximas fases do desconfinamento, nomeadamente a partir de 14 de junho. Entre as regras anunciadas pelo primeiro-ministro está a possibilidade dos concertos decorrerem até à meia noite, alargando assim em uma hora e meia o horário atual em todos os espaços culturais.

No entanto, a partir dos próximos quinze dias, existem algumas regras que permanecem inalteradas. É o caso das salas de espetáculo, que continuam a funcionar apenas com 50% da lotação, e também dos espetáculos exteriores que devem continuar a acontecer com lugares marcados e distanciamento.

Outra das alterações significativas é o regresso do público às bancadas dos recintos desportivos com apenas 335 da capacidade total.

Continuar a Ler

Cultura

Artistas portugueses unem-se pelo fim das touradas na televisão

Publicado

em

Por

A transmissão de touradas na televisão é um assunto que tem estado em cima da mesa já há bastante tempo. Se alguns não dispensam, muitos outros são contra aquilo que consideram ser uma atrocidade e tortura animal.

No total, 240 personalidades portuguesas uniram-se contra a transmissão desse tipo de programação e pedem a revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão entre o Estado e a RTP.

Humoristas, músicos, jornalistas, apresentadores e muitas outras figuras públicas endereçaram uma carta ao ministro das Finanças, João Leão, e ao secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva na qual requerem uma estação televisa pública “livre da transmissão de espectáculos que se baseiam na violência contra animais e normalizam tais comportamentos, como, por exemplo, sucede na tauromaquia”.

Os participantes dão ainda exemplos de alguns conteúdos que gostariam de ver transmitidos, tais como “manifestações que constituam fator de identidade ou formas de representação nacional,
designadamente eventos de natureza institucional, cívica, social, cultural ou desportiva, desde
que respeitem os direitos humanos, a sustentabilidade ambiental e o bem-estar dos animais”.

Nuno Lopes, Sara Sampaio, Pedro Teixeira da Mota, Sónia Tavares, Carolina Deslandes , Rodrigo Guedes de Carvalho, Filomena Cautela e Diogo Piçarra são apenas algumas das personalidades associadas ao movimento.

Continuar a Ler

PODCASTS FAMA RÁDIO

TV

Jornal

Artigos recentes

ARQUIVO

Redes

Tendências