Siga-nos nas redes sociais

Cultura

Pintura vai a leilão pelo mínimo de 37 milhões de euros

Publicado

em

 Uma pintura chinesa de 1924 vai a leilão, em Hong Kong, com uma estimativa mínima de 45 milhões de dólares (37 milhões de euros), ilustrando o apetite dos colecionadores por arte apesar da crise económica provocada pela pandemia da covid-19.

A pintura, do artista moderno chinês Xu Beihong, retrata um escravo, escondido numa caverna, e um leão. É baseada na mitologia romana antiga e nas Fábulas de Esopo, segundo a casa de leilões Christie’s.

Xu usa frequentemente a figura do leão no seu trabalho, para exemplificar a crença na ascensão da nação chinesa. O leão na pintura surge ferido, mas permanece digno, justo e orgulhoso – um símbolo do espírito chinês, segundo a casa de leilões.

A pintura “Escravo e Leão” é considerada uma obra inovadora, que inspirou as pinturas posteriores de Xu, e uma das pinturas a óleo mais importantes da história da arte chinesa.

“O próprio Xu Beihong é um dos mais importantes artistas modernos da China, que influenciou gerações de pintores e artistas”, disse Francis Belin, presidente da Christie’s para a Ásia-Pacífico.

“Este tipo de trabalho e de prestígio não chegam ao mercado com muita frequência”, descreveu.

Estima-se que a pintura fature entre 45 milhões de dólares e 58 milhões de dólares (48 milhões de euros), num leilão de lote único, em 24 de maio.

Belin observou que há um apetite diversificado por obras-primas modernas e contemporâneas e que o mercado deve permanecer forte.

No ano passado, uma pintura chinesa de 700 anos intitulada “Cinco Príncipes Bêbados a Retornar a Cavalo”, da Dinastia Yuan, arrecadou 41,8 milhões de dólares (34,7 milhões de euros), num leilão da Sotheby’s em Hong Kong.

Cultura

Faleceu o ator Cândido Ferreira

Publicado

em

Por

Faleceu vítima de cancro o ator português Cândido Ferreira, avançou esta quarta-feira a TSF. A informação foi confirmada pelo filho do ator, o realizador Ivo Ferreira.

Durante a sua vasta carreira passou pelo teatro, televisão e cinema português.

o seu percurso iniciou-se no Teatro Operário de Paris, com Hélder Costa, em 1971. Anos mais tarde, em Portugal, tornou-se num dos membros do grupo ‘O Brando’, onde trabalhou 12 anos. 

Na televisão, participou em projetos de sucesso como em ‘Conta-me Como Foi’, em 2010, ou ‘Belmonte’, em 2014, e no cinema, como em ‘Herdade’, de 2019, ou em ‘Cartas da Guerra’ – um filme do filho Ivo Ferreira, de 2016. 

Continuar a Ler

Cultura

Portugal vai receber concerto teste-piloto com 1 000 pessoas

Publicado

em

Por

Decorrerá na cidade de Coimbra o terceiro concerto teste-piloto em Portugal. O evento está agendado já para o próximo dia 8 de maio com uma plateia em pé de 1000 pessoas que terão de apresentar um teste antigénio negativo.

Entre os artistas convidados estão  Anaquim, The Twist Connection, Birds are Indie e Portuguese Pedro.

O concerto tem hora marcada para as 20h30, na Praça da Canção. As pessoas estarão divididas em “grupos de 250, em que o uso da máscara e a apresentação do teste rápido antigénio negativo feito no dia do espetáculo é obrigatório”, afirma a Câmara Municipal de Coimbra em comunicado.

Os bilhetes têm um custo de dois euros e o preço contempla o do teste antigénio à presença do SARS-CoV-2. Caso o teste dê positivo, o valor do bilhete será reembolsado.

Continuar a Ler

Cultura

Depois de vários meses parados, cinemas recebem 49 mil pessoas

Publicado

em

Por

Desde a reabertura da salas de cinema por todo o país, no passado dia 19 de abril, foram cerca de 49 mil as pessoas que os visitaram.

Até esta quarta-feira, dia 28 de abril, contabilizam-se 273 mil euros de receita de bilheteira e o filme mais visto foi “Nomadland – Sobreviver na América”, de Chloé Zhao, com 18.986 espectadores em dez dias. O segundo lugar é ocupado por “Mortal Kombat”, de Simon McQuoid, com 11.917 espectadores.

As informações avançadas pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) revelam ainda que nem todas as salas do país voltaram a abrir portas depois deste segundo confinamento.

Relativamente às regras impostas pela pandemia de Covid-19, mantém-se a obrigatoriedade de uso de máscara, de distanciamento, de higienização dos espaços e de definição de circuitos de circulação.

Continuar a Ler

PODCASTS FAMA RÁDIO

TV

Jornal

Artigos recentes

ARQUIVO

Redes

Tendências